Mastodon

O idealizador do “banco lastro” no kart rental

Ideia surgiu para ajudar o filho Henrique e seus amigos a atingirem o peso mínimo em competições da modalidade no Rio Grande do Sul

Marcelo Cruz - Cruz Racing
Projeto de Marcelo Cruz (à direita) já atende a pilotos em diversas partes do país (Foto: Arquivo pessoal)

Quem costuma competir ou acompanhar corridas de kart rental já deve ter visto esta cena: antes de subir na balança, o piloto leva todos os seus equipamentos. Entre macacão, capacete, protetores de costela e de cervical, há algo que chama a atenção: um banco, que parece pesado.

Você não errou.

Com pesos que variam entre 10 quilos e 25 quilos, estes servem a um propósito fundamental: permitir que os competidores atinjam o peso mínimo da categoria na qual competem.

Este acessório ganhou força no Rio Grande do Sul graças a uma pessoa: Marcelo Cruz, proprietário da Cruz Racing. “A ideia surgiu em 2018, quando formamos uma equipe para participar de um Endurance de seis horas no Circuito Internacional Techspeed”, conta Marcelo.

E quem fazia parte deste time? “Kartistas que se criaram nas pistas desde criança.” Um deles era o seu filho, Henrique Cruz. Os demais foram Guto Rotta (piloto da Wokin Garra Racing nesta temporada da Stock Series), José Maffei e Bernardo Cardoso.

Ajuda ao filho e seus amigos

“Como todos eram muito leves, tive que pensar em algo que realmente ajudasse e fosse muito funcional”, relembra Marcelo. Então, ao analisar os bancos dos karts de aluguel, logo surgiu a ideia de fazer um “sobre-banco” com peso, que se encaixasse no assento dos competidores. “Em uma semana, já estava colocando em prática.”

Não foi um trabalho fácil. Com um banco de um monoposto indoor como molde, correu contra o tempo para fazer o protótipo. Primeiro, foi feita a parte de fibra de vidro. Em seguida, o chumbo moldado na lateral das costelas. Entre a ideia e a conclusão da primeira versão, foram necessários 20 dias.

Tudo compensou quando os pilotos apareceram no kartódromo situado em Nova Santa Rita (RS). Quando os pilotos surgiram com o “banco-lastro”, chamou a atenção de todos. Em questão de tempo, mais pilotos se interessaram e os pedidos surgiram.

“Não ia fazer para vender”

O projeto inicial não era criar um produto para o mercado de kart rental, mas “apenas” auxiliar o filho e seus amigos nas competições. O motivo para evitar produzir em escala comercial foi o combo “tempo” e “trabalho” para produzir cada modelo. “Mas os pilotos começaram a pedir demais, por causa da necessidade deles também”, relembra.

Marcelo Cruz - Cruz Racing
O pai tietando o filho (Foto: Arquivo pessoal)

Agora, fica satisfeito quando vê sua ideia sendo usada por outros competidores. “Quando vou a eventos e kartódromos e vejo o quanto ajudei, de alguma forma, vários pilotos do Brasil, isso me dá uma satisfação enorme.”

Os modelos

Hoje, Marcelo faz dois modelos de banco. Usa como referência os dois chassis de kart indoor mais usados no Rio Grande do Sul: Techspeed e Metalmoro. Como dito anteriormente, o peso varia entre 10 quilos e 25 quilos, mas pode ter algum mais personalizado.

“Têm pilotos que são muito magros, então tento ajudá-los de alguma forma, diminuindo a folga lateral”, diz. Mas também existem aqueles que não alcançam nem os pedais, devido à sua estatura. Para estes, faz um modelo em que consigam pilotar de uma forma mais confortável.

Só que, para receber o seu, o competidor precisa ter paciência. “Normalmente eu dou um prazo de três a quatro semanas”, avisa, mas logo tranquiliza seus atuais e futuros clientes: “costumo entregar antes desse prazo!”

Gratidão eterna

Marcelo não deixa de destacar a importância do filho Henrique neste projeto. Além de ter sido o “cobaia”, contribuiu com dicas e melhorias para a evolução do produto desde a sua primeira concepção. “Sem o feedback dele, os bancos não seriam a referência nacional que são hoje.”

Ao mesmo tempo, estende o agradecimento aos professores e coaches de pilotos de kart rental, que sempre o indicam a seus alunos.

Como adquirir o seu

Para solicitar seu banco-lastro, basta entrar em contato pelo WhatsApp (51) 99896-4451 ou pelo Instagram da Cruz Racing, no @cruz_racing.


Agora que você leu este conteúdo até o fim, deixa a gente te perguntar: você gostou?

Se a resposta foi “SIM”, é porque você viu a importância do nosso trabalho para a divulgação do kart rental regional e nacional. E aqui, vale uma informação de extrema importância: o Push to Cast é o único espaço dedicado à modalidade. Fazemos um trabalho único, independente e comprometido com os valores do jornalismo.

Para que ele continue, precisamos muito do seu apoio. Por isso, convidamos a acessar a nossa plataforma de financiamento coletivo e se tornar nosso assinante. Sua assinatura fortalecerá ainda mais o nosso trabalho – e, claro, o kart rental brasileiro.

APOIE AQUI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *