Mastodon

Kart Haus, ambiente família sem perder competitividade

Ainda lembro como se fosse hoje a minha primeira (e única) participação em um campeonato de kart rental. Na época, chamávamos a modalidade de “kart de aluguel” e competíamos no kartódromo de Tarumã e em um indoor que não existe mais em Porto Alegre.

Além disso, éramos um grupo de amigos, que se conheceu pelos fóruns de automobilismo. Ou seja: por mais vontade que tínhamos de levantar o caneco, o respeito mútuo entre todos era o primordial. Tanto que, ao longo daquela temporada, não lembro de termos atritos. Ao tirarmos o capacete, íamos para o barzinho comprar nosso refrigerante e falar sobre como foi a prova e dar dicas para melhorar as próximas.

E tinha um motivo para ser assim: o propósito do campeonato era esse, de manter um grupo de amigos ativo. Algo semelhante ao que faz a Kart Haus, liga formada em 2020 e que realizou o seu primeiro campeonato no ano seguinte.

Tudo em “Haus”

“Nosso propósito na comunidade do kart rental é manter o ambiente familiar em nosso grupo, possibilitando aos pilotos vir, desfrutar do esporte que tanto amamos e voltar de forma íntegra para a casa.”

Lucas Mattos, um dos organizadores da Kart Haus

Aliás, isso é visível inclusive no nome. Basta ir ao Tradutor do Google que se descobre que a palavra “Haus” significa “Casa”, em alemão. Então, fica claro que Kart Haus significa “Casa do Kart” – e isso foi simplesmente um momento de “Cultura Inútil” neste blog.

Agora, existe um outro ponto importante para que os campeonatos da organização sejam nesse jeito “família”: Lucas tem o irmão Mateus como aliado na manutenção da liga, o que reforça esse propósito e a necessidade de mantê-lo vivo.

“Sabemos do nível que o esporte vem tomando, justamente por isso prezamos tanto por isso”, continua Lucas.

Respeito às diretrizes da Kart Haus

Entretanto, propósitos são apenas palavras bonitas quando não há uma busca para exercê-las. Para que tudo se mantenha como o pensado, Lucas e Mateus definiram diretrizes claras, objetivas e diretas que todos os pilotos precisam seguir à risca.

“Exigimos dos pilotos respeito mútuo fora e, principalmente, dentro das pistas. Neste tempo todo que atuamos como um grupo aberto, já são mais de 50 etapas realizadas e em nenhuma delas tivemos incidentes, nem físicos e nem verbais.”

Conforme Lucas, todos os participantes sabem dessa exigência, tornando respeito, lealdade e companheirismo o norte da Kart Haus.

Triagem para participar

Muitos dos pilotos da organização já conheciam o “metiê” do kart rental, com anos de competições. Já outros, como os próprios Mateus e Lucas, tiveram suas primeiras experiências há poucos anos – dentro da própria Kart Haus.

Por este motivo, que os irmãos viram a necessidade de analisar bem os interessados antes de aprová-los nas competições.

“Nós fizemos triagem de todos os pilotos que participam conosco. Pesquisamos o histórico de pista de cada um para que saibamos se eles se enquadram no perfil do nosso grupo.

Após isso chamamos o mesmo para explicar como funciona e, estando de acordo, o piloto ingressa.”

De acordo com Lucas, todos os pilotos são indicações de outros mais antigos. Isso ocorre porque o objetivo é manter um grid qualificado, focado na diversão.

E se, mesmo assim, acontecer algo? “Chamamos em particular para esclarecer a situação e, caso a atitude antidesportiva se repita, o piloto é automaticamente retirado do grupo.

Nada se constrói sozinho

Se tem algo que todo mundo sabe, mas pouca gente assume, é que nada se constrói sozinho. A Kart Haus reconhece a importância de apoios de outros membros da comunidade. Afinal, para fazer a modalidade crescer, é preciso trabalhar em conjunto.

“Nós temos um bom relacionamento com os grupos que possuem um pensamento semelhante ao nosso, como a AKARS e a KartEasy“. Segundo Lucas, tanto José Renato quanto Antonio Manzoni são referências e conselheiros no andamento de tudo. “Isso é muito importante, pois essa energia nos motiva cada vez mais a seguir e a levar ao pessoal uma boa experiência.”

Da mesma forma, apoios e patrocínios são essenciais para o sucesso do empreendimento. E a Kart Haus conta com uma turma forte: a Mundo Novo, indústria de esquadrias que auxilia na compra dos materiais; e a Paddock Sport Racer, de Minas Gerais, que fornece descontos exclusivos para pilotos da liga.

Prepare-se para a temporada 2023 da Kart Haus

Neste ano, o certame contará com as categorias Leves (90kg) e Pesados (105kg). Serão 13 etapas divididas duas Copas diferentes, nas quais os vencedores receberão um troféu cada e, também, um boné personalizado da Kart Haus.

bone kart haus

Ao mesmo tempo, os dez pilotos com maior pontuação em cada categoria participarão de uma Super Final de rodada dupla. Os karts serão lastreados de forma unificada, a fim de equalizar a competição. O diferencial é que, neste caso, haverá premiação em dinheiro:

Campeão: R$ 1.200,00
Vice-Campeão: R$ 500,00
Terceiro: R$ 300,00

De acordo com Lucas, a ideia desse formato é tornar a temporada mais competitiva e emocionante aos pilotos.

Inscrições

Para esta temporada, a inscrição tem uma taxa de R$ 410,00, e contempla a participação nos três eventos. É importante reforçar que este valor é para fazer parte da liga, e não inclui os custos das provas – que depende da praça esportiva selecionada.

Não que isso seja um empecilho. Afinal, o importante é competir e se divertir.

Contatos

Ficou interessado? Então, se liga nas principais formas de contatar a Kart Haus:

Telefone: (51) 99280-2929
Instagram: @karthaus_

Um comentário em “Kart Haus, ambiente família sem perder competitividade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *