Mastodon

Wokin Garra Racing: o Rio Grande do Sul na elite do automobilismo

Equipe liderada por Adilson Morari amplia operações na Stock Car e integra a Pro Series a partir desta temporada

Se procurarmos o verbete “Destino” em qualquer dicionário, encontraremos uma definição semelhante à esta, do Aulete Digital: “Sequência de acontecimentos e situações pretensamente predeterminados, na existência humana.” E podemos dizer que o evento realizado no dia 23 de fevereiro, na loja da marca de roupas Time Line, em Caxias do Sul (RS), comprova esse significado.

“A última vez que o Rio Grande do Sul teve uma equipe (na Stock Pro Series) foi há 30 anos. Eu tinha 14 na época e foi ali que começou esse sonho, de ter uma equipe na Stock Pro Series“, revelou Adilson Morari, sócio-proprietário da equipe Wokin Garra Racing.

Mas, até chegar a este ponto, muitos obstáculos foram superados. “Adilson, eu lembro quando eu pegava a bicicleta e ia até a mecânica e tu estavas lá, com o martelinho, bem dedicado”, lembrou um amigo, em uma das conversas que rolavam aqui e ali. “Esse cara é motivo de orgulho para nós”, completou, antes de se despedir.

Este reconhecimento é compartilhado por todos, não só amigos e entusiastas do esporte a motor. O secretário de Esporte e Lazer do município, Gabriel Citton, é um dos que reconhece a trajetória da equipe caxiense. “A gente tem que agradecer ao Eduardo (Silva, sócio-proprietário da equipe) e ao Adilson, porque a coragem é muito grande. As pessoas não têm a dimensão de uma equipe de Stock Car.”

Citton comparou o ingresso da Wokin Garra Racing à Stock Pro Series ao acesso de uma equipe de futebol à Série A do Campeonato Brasileiro de Futebol. A referência tem um motivo: o Esporte Clube Juventude, também de Caxias do Sul, está na elite do futebol nacional nesta temporada.

“Somos mais de 500 mil habitantes em Caxias do Sul. Agora temos mais os torcedores de Pelotas e de Santa Cruz do Sul”, uma referência aos pilotos Gabriel Robe e Lucas Kohl, que integram a equipe neste ano. Juntas, as três cidades somam quase um milhão de habitantes.

Audácia e muito trabalho

Os movimentos de Morari e Eduardo – ou Duda, como é chamado – são realmente ousados. Tudo começou em 2022, quando a então Motortech mudou de nome para Garra Racing – o famoso “rebranding”. “Demos uma repaginada e ir para a Stock Pro Series faz parte dessa repaginada”, comentou Morari.

Para esta subida à “Elite do Automobilismo Brasileiro”, foi necessário muito empenho. Afinal, como reconhece Morari, a Stock Pro Series tem um “nível de competitividade imenso” e, para ir atrás dos objetivos – ser um time vencedor – buscou novos integrantes. “A gente foi ao mercado para reforçar a equipe. Temos muito a aprender, claro, mas a gente vai buscar os resultados.”

No que depender de confiança, Morari e Duda têm de sobra. Não apenas deles e da equipe.

Prova disso é o número de patrocinadores: 15 no total. Entre eles, a Wokin Tools Brasil, patrocinadora máster e detentora do naming rights da Garra Racing. “Esta noite é nossa primeira vitória. Quero agradecer a cada um dos mecânicos, que se dedicaram para que esse dia chegasse”, disse Hardy Kohl, proprietário da empresa.

Kohl reconhece que a caminhada é longa e que o desafio é grande, mas acredita que tudo será superado ao longo do tempo.

Descoberta de novos talentos

A formação de 2024 com Lucas Kohl, no carro 95, e de Gabriel Robe, no 35, não foi por acaso. Eles foram preparados por Adilson Morari na Stock Series. “Eu já corri na Garra em 2021”, relembrou Kohl. “Fiz minha última temporada na Stock Series com eles e depois subi para a principal. Então, estou muito feliz em estar de volta”, contou o piloto. Em sua primeira experiência na Pro Series, ele integrou a Hot Car Competições na temporada 2023.

Quem também foi “descoberto” por Morari foi Gabriel Robe.

Campeão da Stock Series em 2017 e vice-campeão da categoria em 2016, 2019 e 2022, o pelotense é só gratidão pela parceria e pela oportunidade. “A sensação é de dever cumprido”, desabafou. “A gente vem ralando há anos para ter acesso à categoria principal e, em várias oportunidades, mostrou que estava pronto.”

Essa prova ocorreu em 2022, quando Robe venceu a Corrida de Duplas ao lado do seu xará Gabriel Casagrande, atual bicampeão da categoria principal. “Não poderia ter sido de um jeito melhor (subir para a Stock Pro Series): junto com a Garra, uma equipe que dei os primeiros passos dentro da Stock Car.”

Equipe da Stock Series continua

Quem pensa que a Wokin Garra Racing focará apenas na categoria principal, se engana. Como o próprio Duda Silva diz, o DNA de revelar novos talentos continua. “O Adilson é um incentivador e continuaremos fazendo isso”, anunciou.

Tanto é que o time continuará com sua operação na Stock Series. Para esta temporada, permanece com a catarinense Bruna Tomaselli e, no segundo e terceiro carros, estarão o também gaúcho Guto Rotta, que fará sua estreia em competições de carros com tração traseira, e um piloto ainda a ser anunciado. O que se sabe é que ele é paranaense.

A referência aos Estados dos pilotos – três do Rio Grande do Sul, um do Paraná e uma de Santa Catarina – tem um motivo: a Wokin Garra Racing se torna uma equipe quase que completamente gaúcha – mas totalmente do Sul do Brasil.

Mais que uma equipe: um negócio

Se tem algo impossível de negar, é que o grupo Stock Car se tornou mais que um evento esportivo. É uma grande plataforma de negócios. Como lembrou Fernando Julianelli, CEO da VICAR, presente no lançamento, a categoria é um evento global.

Julianelli destacou as transmissões em quatro línguas para 153 países. Além disso, a mudança dos carros para a temporada 2025, substituindo os atuais sedãs pelos SUV, se alinha com o foco das montadoras para os próximos anos. Tanto que Chevrolet e Toyota renovaram “seus votos” com a Stock Pro Series e outras duas devem ser anunciadas em breve.

Não à toa os 15 patrocinadores que a Garra Racing conquistou para esta temporada. Além da já citada Wokin Tools Brasil, a equipe estampará, junto ao laranja e preto de seus Chevrolet Cruze, as marcas Time Line Brasil, Pantástica, Tudo em Grãos, Caderode, Stärken, PayBrokers, Salware Chocolates, Strass Energy Drink, Emilio Nunes Seguros, Irmãos Jouglard, JPI FIDC, Biri Refrigerantes, DAF Caminhões e Drax Sports.

A estreia da Wokin Garra Racing na Stock Pro Series ocorre já na próxima semana, quando a categoria desembarca no Autódromo Internacional de Goiânia, em Goiânia (GO), entre os dias 1º e 3 de março. Na Stock Series, a largada da temporada será entre os dias 19 e 21 de abril, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP).

Pilotos da Wokin Garra Racing 2023

Stock Pro Series

  • #35 – Gabriel Robe
  • #95 – Lucas Kohl

Stock Series

  • #29 – Guto Rotta
  • #97 – Bruna Tomaselli

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *