Fórmula 1 cancela GP do Brasil de 2020 por causa da pandemia

É a 1ª vez em 47 anos sem a disputa

Estava marcada para 15 de novembro

O Grande Prêmio do Brasil estava marcado para 15 de novembro de 2020, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo
Copyright Pirelli/LAT Images

A Fórmula 1 anunciou nesta 6ª feira (24.jul.2020) o cancelamento do Grande Prêmio do Brasil, realizado anualmente no Autódromo de Interlagos, Zona Sul de São Paulo, devido à pandemia do novo coronavírus –causador da covid-19.

Será a 1ª vez em 47 anos que o GP do Brasil não será realizado. A 1ª realização da temporada foi em 1973. Pelo calendário oficial da Fórmula 1, a corrida na capital paulista seria em 15 de novembro de 2020.

Receba a newsletter do Poder360

Até o começo de julho, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), confirmava a etapa brasileira da disputa. Disse que havia 1 contrato e que este deveria ser cumprido obedecendo protocolos de saúde. O prefeito Bruno Covas (PSDB) também defendia que havia possibilidades para a realização da corrida.

Os organizadores do evento, no entanto, concluíram pelo cancelamento das corridas no Brasil, no Canadá, nos Estados Unidos e no México.

“A decisão se deve à natureza fluida da pandemia em andamento da covid-19, às restrições locais e à importância de manter as comunidades e nossos colegas em segurança”, disse a Fórmula 1 em nota. Segundo a organização, a medida foi adotada depois de contínuas e estreitas discussões junto aos colaboradores dos países afetados.

De acordo com os último balanço do Ministério da Saúde, divulgado na noite de 5ª feira (23.jul.2020), o Brasil tem 2.287.475 infectados e 84.082 vítimas da doença. São Paulo é o Estado com mais casos e mortes: 452.007 e 20.894, respectivamente.

O presidente e CEO do evento, Chase Carey, disse que estava “ansioso para receber as corridas de volta ao cronograma em 2021”. “Queremos saudar nossos incríveis parceiros nas Américas, e esperamos voltar com eles na próxima temporada, quando mais uma vez conseguirão emocionar milhões de fãs em todo o mundo”, disse.

O calendário da F1 para 2020 é atualmente composto por 13 corridas, com novos eventos em Portimão, Ímola e Nurburgring. Eis quando serão as corridas em 2020:

  • Nürburgring, na Alemanha – de 9 a 11 de outubro;
  • Portimão, em Portugal – de 23 a 25 de outubro;
  • Ímola, na Itália – de 31 de outubro e 1 de novembro.

O futuro da etapa brasileira do Mundial ficou indefinido. O contrato da Fórmula 1 com São Paulo termina este ano e ainda não foi renovado. Além disso, a Prefeitura de São Paulo suspendeu, em 28 de abril, o processo de licitação que concederia o Autódromo de Interlagos, na Zona Sul da capital, à exploração pela iniciativa privada.

A gestão Bruno Covas (PSDB) informou que a decisão de interromper a concorrência pública se devia à conclusão do Tribunal de Contas de São Paulo de que o certame “não possui condições de prosseguimento”.

Em entrevista a jornalistas nesta 6ª feira (24.jul), Bruno Covas disse que a Prefeitura continua “com as tratativas com a organização do evento para a prorrogação do contrato a partir do ano que vem”.

o Poder360 integra o the trust project
autores