Mastodon

Muggiati, Robe, Rimbano ou Gama: Quem levará os R$ 2,5 mi?

Restam duas etapas para o fim da temporada da Stock Series, a primeira da história que premia o campeão em dinheiro.

Zezinho Muggiati, Gabriel Robe, Pietro Rimbano e Arthur Gama - Foto Duda Bairros
Os quatro pilotos são os principais postulantes ao título da temporada 2023 da Stock Series (Fotos: Duda Bairros)

Em menos de dois meses, o Brasil conhecerá o grande campeão da temporada 2023 da Stock Series. Zezinho Muggiati (W2 Racing ProGP), Gabriel Robe (Garra Racing Team), Pietro Rimbano (RKL Competições) e Arthur Gama (Garra Racing Team) são os postulantes ao título e visam algo a mais: o prêmio de R$ 2,5 milhões.

Concedido pela rede de serviços automotivos Stock Auto Service, de propriedade do Grupo Veloci a iniciativa tem um grande motivo: proporcionar ao vencedor da temporada a possibilidade de conseguir uma vaga na Stock Car Pro Series. Ambos os certames são organizados pela Vicar, que pertence ao Grupo Veloci.

Para isso, restam mais duas etapas: uma, no Autódromo Velocitta, em Mogi Guaçu (SP); outra, no Autódromo de Interlagos, na capital paulista. E a penúltima rodada ocorre já neste fim de semana, 28 e 29 de outubro.

Leia mais notícias sobre a Stock Car

Conheça os postulantes ao título

Zezinho Muggiati

Foto: Duda Bairros

Aos 20 anos, Zezinho Muggiati é um dos principais protagonistas na disputa pelo superprêmio, concedido pelo Grupo Veloci, proprietário da Vicar — organizadora das duas categorias — por meio da Stock Auto-Service, rede de serviços automotivos do grupo.

Atual líder do campeonato, o paranaense da equipe W2 Racing ProGP venceu cinco provas (três em Interlagos e duas no Velopark), conquistou quatro poles e já esteve no pódio em nove oportunidades, marcando um total de 273 pontos até o momento.

Gabriel Robe

Foto: Duda Bairros

Outro que desponta como favorito na luta pelo título e pela vaga na Stock Car no ano que vem é o gaúcho Gabriel Robe. Aos 26 anos, o piloto da Garra Racing Team já ocupou a liderança do campeonato ao término das etapas 2 e 3 (em Tarumã e Cascavel), mas foi novamente superado por Zezinho na rodada realizada no Velopark, em setembro.

Campeão da divisão de acesso à Stock Car em 2017, Robe soma nesta temporada três vitórias (duas em Tarumã e uma em Cascavel), três poles e oito pódios, além de 257 pontos.

Pietro Rimbano

Foto: Duda Bairros

Pietro Rimbano é outro campeão da categoria em ação no grid em 2023. Com 25 anos, o paulista acelera no campeonato pela RKL Competições e também sustenta bons números na sua caminhada para buscar um lugar na Stock Car no ano que vem.

Dono do título em 2020, Rimbano soma 218 pontos e já conquistou uma vitória nesta temporada (em Cascavel), além de sete pódios e uma pole.

Arthur Gama

Foto: Duda Bairros

Pelo menos um novato se coloca na briga pelo prêmio e o título — e isso já em sua temporada de estreia. O porto-alegrense Arthur Gama, 18 anos, é piloto da Garra Racing Team e já subiu ao pódio quatro vezes, acumulando 207 pontos.

Os pilotos da Stock Series, categoria que já revelou mais de 400 competidores desde 1993, sendo 13 dos últimos 19 campeões da Stock Car, agora partem para o momento crucial do campeonato: no Velocitta, durante as três largadas da penúltima etapa, serão definidos os finalistas ao título e ao maior prêmio da história do automobilismo brasileiro.

A última etapa ocorre no dia 17 de dezembro, em Interlagos (SP).

Classificação do campeonato após quatro etapas:

1º – Zezinho Muggiati, 273 pontos
2º – Gabriel Robe, 257
3º – Pietro Rimbano, 218
4º – Arthur Gama, 207
5º – Felipe Barrichello Bartz, 192
6º – Mathias de Valle, 189
7º – Hugo Cibien, 150
8ª – Bruna Tomaselli, 146
9ª – Kaká Magno, 139
10º – Felipe Papazissis, 128
11º – Enzo Bedani, 109
12º – Vinicius Papareli, 108

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *