Mastodon

Murilo Rocha faz incursão de três meses na Europa

O kartista brasileiro Murilo Rocha gostou de participar de campeonatos na Europa. Após participar do Champions of the Future e da primeira etapa do Europeu, realizados na Espanha, o jovem de 12 anos embarcou para a próxima aventura no Velho Continente.

Serão, ao todo, três meses por lá, sendo a República Tcheca o primeiro destino. Neste período, Murilo participará da segunda etapa da Champions of The Future e do Europeu de Kart, além de se preparar para outros certames.

Aliás, ele mesmo explica como ocorrerá tudo neste vídeo abaixo.

Mas, para chegar lá, não foi uma tarefa fácil.

Leia mais
Campeonato amador que de amador tem nada

A caminhada de Murilo

Quem vê a sequência do tuíte do piloto, até acha graça. Afinal, ele conta que para poder desbravar o Velho Continente, precisou adiantar as provas e atividades na escola.

“Consegui tirar acima de 8 em todas. Foi a única condição que meus pais me deram para que eu pudesse ir para lá atrás do meu sonho”, conta, ainda na sala de embarque.

Porém, quem o acompanha há mais tempo, sabe que a trilha foi muito mais árdua.

Vítima de injúria racial

Conheci o moleque quando vi um post dele no mesmo Twitter, no qual ele informava que havia sido campeão de algumas provas e campeonatos de kart. O tom desafiador da publicação tinha uma explicação: Murilo havia sido vítima de injúria racial.

Uma atitude assim já é repugnante quando envolve um adulto. E a gente sente muito mais quando o racismo é direcionado a uma criança.

Por mais que os advogados do Twitter digam que esse tipo de publicação não fere as normas da plataforma, uma coisa é certa: desde 12 de janeiro deste ano, injúria racial agora é equiparada ao crime de racismo.

Ou seja, quem cometer essa atitude nojenta pode pegar de dois a cinco anos de reclusão.

Murilo quase se desfez do capacete do ídolo

Ainda no ano passado, Murilo causou comoção no Twitter com este post abaixo.

Fã declarado do Lewis Hamilton, estava disposto a se desfazer do maior bem que tem para poder seguir em frente. Como sabemos, este tipo de sacrifício é comum no meio.

Porém, a galera conseguiu demovê-lo da ideia. Muitos sugeriram a criação de uma vaquinha online para levantar os fundos necessários. Reportagens sobre ele foram feitas em diversos canais pelo Brasil.

Dessa forma, a comunidade conseguiu abrir os olhos de empresas. Uma delas foi a Takter, como o próprio piloto anunciou em suas mídias sociais.

Muito mais a conquistar

Murilo e suas conquistas
Tímido, porém veloz

No que depender da vontade, Murilo tem muitas conquistas pela frente. É um dos pilotos de kart mais ativos nas redes sociais que conheço. E, mesmo com a pouca idade, sabe muito bem o que quer e como se posicionar dentro e fora das pistas.

Basta ver essa entrevista dada ao Grande Prêmio no ano passado para entender.

Isso mostra como é importante termos pilotos como Lewis Hamilton, que usam a sua influência para lutar por um esporte (e um mundo) mais inclusivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *